sábado, 22 de abril de 2017

Cerca de 70% dos inquéritos abertos por Edson Fachin envolvem pagamento de caixa dois

Dos 81 inquéritos abertos pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, 71%, ou 58 inquéritos, tratam de acusações de pagamento de caixa dois, recursos não contabilizados pela Justiça e pagos a partidos e políticos a pretexto de campanhas eleitorais. 

Já os 29% restantes (23 inquéritos) envolvem acusações de pagamento de propina para facilitar contratos e licitações da empreiteira Odebrecht com o poder público ou para aprovar medidas em tramitação no Congresso Nacional que beneficiariam a construtura.

Agenda do governador do Ceará Camilo Santana para este domingo, 23 de abril de 2017

Governador do Ceará Camilo Santana 



09:00 horas: Celebração de Jesus, Maria e José.



Local: Distrito de Marrecas, em Tauá

12:00 horas e 30 minutos: Assinatura do decreto de desapropriação de áreas públicas da Fazenda Uruanan.

Local: Chorozinho


Fonte: Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado do Ceará - Casa Civil

Câmara retoma projeto de lei para limitar STF




Em meio aos desdobramentos da Operação Lava Jato, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados retomou a análise do projeto que inclui na Lei de Crime de Responsabilidade o ministro do Supremo Tribunal Federal - STF que usurpar as competências do Legislativo e do Executivo.

O objetivo do projeto, segundo os autores, é acabar com o "ativismo judiciário". A proposta volta à discussão no momento em que o STF vai se debruçar sobre a extensão do foro privilegiado, a constitucionalidade da condução coercitiva e a necessidade de autorização prévia de Assembleia Legislativa para processar governador.


CHC Advocacia abre vaga para estudantes de Direito em programa trainee



A CHC Advocacia abriu seleção para o seu Programa Trainee 2017.1 voltado para acadêmicos de direito que pretendem se tornar advogados sócios de um dos mais conceituados escritórios cearenses. O valor inicial da bolsa é R$ 800,00, mas pode chegar até R$ 1.800,00, de acordo com a premiação semestral por desempenho. A duração é de 21 a 24 meses. Os interessados podem enviar histórico acadêmico e currículo com foto para o e-mail selecao@chcadvocacia.adv.br até o próximo dia 26 de abril. 

O Programa Trainee da CHC Advocacia é um projeto pioneiro da área do direito no Ceará, pretendendo qualificar o estudante para que, ao final, esteja preparado para ser um profissional completo. O escritório cearense é um dos maiores do Norte e Nordeste, atuando nas mais diversas áreas do Direito há mais de 30 anos e está entre os 500 mais importantes do Brasil, segundo o anuário Análise Advocacia 500. 

Mais informações: www.chcadvocacia.adv.br

Jornal de Leste a Oeste - edição do mês de abril de 20117



 Fonte: jcr - Comunicação

Ex-ministro do Equador é detido por suposto suborno da Odebrecht


Empresa brasileira teria pago US$ 33,5 milhões a funcionários públicos do país


O ex-ministro da Energia do Equador Alecksey Mosquera foi detido em uma investigação sobre supostos subornos de US$ 33,5 milhões pagos pela Odebrecht a funcionários do governo do país. A informação foi divulgada pelo procurador-geral do Equador, Galo Chiriboga, em sua conta oficial no Twitter nesta sexta-feira, de acordo com a agência de notícias "AFP News Agency"...  

Você paga o circo, mas não escolhe o palhaço



Acomodada pelos colaboradores da Odebrecht no mármore quente do inferno, a elite política do país se uniu em torno de um plano para criar uma porta de saída para o céu. Protegidos pelo foro privilegiado, os congressistas cuidam dos minutos porque sabem que as horas no Supremo Tribunal Federal passam mais lentamente. Os encrencados correm para aprovar até setembro uma reforma eleitoral para ser aplicada já nas eleições de 2018. 

Assim, a bancada dinheirista poderá se reeleger antes de ser julgada, mantendo o escudo do foro privilegiado do Supremo. Trama-se uma reforma baseada no princípio de que nenhuma ilegalidade justifica a incivilidade de um castigo, muito menos a desonestidade com fins eleitorais. Não é porque as delações da Lava Jato transformaram um modelo bem-sucedido de rapinagem em escândalo que os rapinadores ficarão de braços cruzados. A autodepuração é suspeita e cheira mal.

Se tudo correr como planejado pelos reformadores, a reforma incluirá uma anistia do caixa dois (pode me chamar de perdão retroativo da propina). Incluirá também a criação de um fundo eleitoral para pagar com verbas públicas as campanhas políticas. Esse fundo virá acompanhado da instituição do voto em lista fechada. Nesse modelo, o eleitor vota no partido, não no candidato. Elegem-se os políticos acomodados numa lista pelos caciques de cada legenda. Para resumir: você vai bancar a bilheteria do circo e não terá nem o direito de escolher o palhaço da sua preferência.


Fonte: Jornalista Josias de Souza

Pense num prefeito desmantelado!


Pense em uma administração fraca e desmantelada….

Pensou?

A gestão está engessada, o lixo cobre a cidade e nos postos sempre falta
medicamentos.

Quem é?


sexta-feira, 21 de abril de 2017

80% dos deputados da lista são a favor de punir abuso de autoridade


De 34 deputados que tiveram investigação autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, com base nas delações da Odebrecht e que participaram da sessão na Câmara no fim do ano passado, 27 votaram a favor de incluir no pacote anticorrupção a previsão de punição por abuso de autoridade, o que representa quase 80% dos parlamentares.



Supremo manda apurar demora em ação de impeachment contra Temer



O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal - STF, determinou ontem que o Ministério Público Federal - MPF apure a demora na instalação da Comissão do Impeachment do presidente da República Michel Temer na Câmara dos Deputados. O colegiado foi criado há mais de um ano, mas não tem o número suficiente de membros para funcionar.

Os deputados que ainda não fizeram as indicações poderão ser investigados por crime de desobediência e prevaricação. No mandado de segurança do advogado mineiro Mariel Marley Marra ao Supremo, acatado por Marco Aurélio, ele pede que o MPF noticie os parlamentares.

Dilma almoça sozinha em restaurante nos EUA

Imagem do site Glamurama


"Arrogância, prepotência e o orgulho são venenos da alma, que sempre levam para a solidão e o esquecimento por parte das pessoas"



A ex-presidente do Brasil Dilma Rousseff foi flagrada na quinta-feira (20/04), em Washington, nos Estados Unidos, almoçando sozinha em um restaurante de comida mexicana, sem comitiva ou cerimonial que a acompanhasse. A imagem foi publicada pelo site Glamurama, que brincou com a situação. 

"Sem comitiva, cerimonial, nada do que estava acostumada. Na foto, comida modesta em pratinhos de papel, bandeja de plástico, copo descartável… Vida que segue", diz o texto. Ainda de acordo com a publicação, Dilma estava no restaurante Baja Fresh, com média de preço de US$ 7

O estabelecimento fica próximo ao International Monetary Fund, em Washington. A petista está na cidade para o encontro anual do Banco Mundial Brasil. Além de Washington, a ex-presidente foi vista recentemente em Nova York contemplando um Monet no The Metropolitan Museum of Art, New York.

Justiça acolhe pedido do MPF para aprofundar investigações da Operação Conclave

O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal, acolheu os pedidos do Ministério Público Federal para aprofundar as investigações da Operação Conclave. O objetivo é apurar a responsabilização de gestores da Caixa Econômica Federal nas negociações, que se iniciaram em 2009 e culminaram com um contrato de compra e venda de 35% do capital social do Banco Pan Americano por quase R$ 740 milhões

De acordo com o juiz, o banco foi posteriormente socorrido pelo Fundo Garantidor de Crédito com R$ 3,8 bilhões. Os investigadores apontam que meses após a aquisição, em maio de 2011, o banco de investimento BTG Pactual comprou a participação acionária da instituição financeira que pertencia ao Grupo Sílvio Santos. A parte do banco correspondente a 37% foi comprada "surpreendentemente", segundo Vallisney de Souza, por R$ 450 milhões.

Um roubo após outro : CPI vai investigar Previdência




O presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira, anunciou em Plenário os integrantes da CPI da Previdência Social. Os titulares serão: Senador Hélio José (PMDB/DF), Rose de Freitas (PMDB/ES), Senador Paulo Paim (PT/RS), Senador Ataídes Oliveira (PSDB/TO), Lasier Martins (PSD/RS) e Senador João Capiberibe (PSB/AP). Eunício informou que ainda está aguardando a indicação do integrante do bloco moderador.

Os suplentes serão os senadores José Pimentel (PT/CE), Senador José Medeiros (PSD/MT) e Antônio Carlos Valadares (PSB/SE). As outras duas vagas de suplentes ainda precisam ser preenchidas. O anúncio dos membros da comissão parlamentar de inquérito veio depois de a senadora Gleisi Hoffmann (PT/PR) apresentar questão de ordem, lembrando que os líderes não tinham apresentado todos os nomes para a CPI. Na sequência, o líder do PMDB, senador Renan Calheiros (AL), apresentou os indicados do seu partido.


quinta-feira, 20 de abril de 2017

A campanha de 1 bilhão de reais




A campanha de Dilma Rousseff, em 2014, custou um bilhão de reais.
E quanto ela declarou?

300 milhões de reais.

É o que revela a Veja, citando o dono de uma empreiteira enrolada na Lava Jato:

"A Dilma fica posando de virtuosa como se não tivesse nada com o que está acontecendo. Ela declarou pouco mais de 300 milhões de gastos de campanha, e nós demos para ela quase 1 bilhão. Como ela pensa que o restante do dinheiro foi parar na campanha?"

Tríplex do Guarujá era de Lula, revela Léo Pinheiro



Segundo delator, dinheiro gasto na reforma do imóvel era referente a pagamento de propinas por contratos da Petrobras


O ex-presidente da Construtora OAS Ltda. José Aldemario Pinheiro, o Léo Pinheiro, afirmou nesta quinta-feira (20/04), em delação premiada ao juiz federal Sérgio Moro que o tríplex 164 do edifício Solaris, no Guarujá, no litoral de São Paulo, pertencia ao ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. "O apartamento era do presidente Lula desde o dia que me passaram para estudar os empreendimentos da Bancoop [cooperativa habitacional dos bancários]. Já foi me dito que era do presidente Lula e de sua família. Que eu não comercializasse", garantiu o delator.

Léo Pinheiro disse ainda que o dinheiro gasto na reforma do imóvel era pagamento de propinas por contratos da Petrobras. "A OAS não teve prejuízo na reforma porque foi paga através da Rnest (refinaria Abreu e Lima, da Petrobras), do encontro de contas dela e de outras obras. Isso é muito claro", revelou. A seguir, confirmou que o valor gasto era referente a pagamento de propina. A defesa de Lula, no entanto, nega que ele seja proprietário do apartamento. O petista já se pronunciou pelo Twitter. Ele afirma que Lé Pinheiro mentiu para ter a delação aceita.