quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Cármen Lúcia pede ‘esforço concentrado’



 

A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal - STF, pediu nesta quinta-feira (12/01), aos presidentes dos Tribunais de Justiça de todos Estados Brasileiros que informem até o dia 17 deste mês a disponibilidade de juízes, auxiliares e servidores para trabalhar em um "esforço concentrado" nas execuções penais, para acelerar a análise dos processos. A ideia é que por 90 dias uma equipe de cada tribunal esteja deslocada para isto.

 
Postar um comentário