quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

PT quer ficar com a chave do cofre da Câmara dos Deputados


 


Após comandar o maior escândalo de corrupção da História, o PT articula acordo para apoiar a reeleição de Rodrigo Maia para presidente da Câmara. A exigência do partido é controlar a primeira-secretaria, que administra o orçamento de R$ 5,2 bilhões. Os petistas estão fora da Mesa Diretora desde 2015, quando Dilma Rousseff deu ouvidos ao então ministro Aloizio Mercadante e fez o PT enfrentar Eduardo Cunha.


Postar um comentário