Banco do Nordeste 65 anos

quarta-feira, 1 de março de 2017

Janot pede para Aécio depor sobre Furnas no STF

Foto: Paulo Whitaker/Reuters




O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, que sejam tomados os depoimentos do presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), do ex-ministro José Dirceu, do senador cassado e delator Delcídio do Amaral (sem partido-MS) e do ex-secretário-geral do PT Silvio Pereira sobre a existência de um suposto esquema de corrupção em Furnas Energia. Caso Gilmar, relator do inquérito no STF, autorize a convocação, será a primeira vez que Aécio Neves vai depor sobre o caso da estatal federal de energia.

"Os elementos informativos já reunidos nos autos apontam para a verossimilhança dos fatos trazidos pelos colaboradores (uma suposta partilha de propina entre políticos) e denotam a necessidade de aprofundamento das investigações, notadamente quanto ao envolvimento de Deputado Federal Dimas Fabiano (ex-diretor de Engenharia da estatal) no evento criminoso e a sua relação com o senador Aécio Neves", escreveu Rodrigo Janot no pedido protocolado no Supremo Tribunal Federal - STF na quinta-feira passada, dia 23. O procurador-geral requereu também a prorrogação do inquérito por mais 60 dias a investigação foi instaurada em maio do ano passado e já fora prorrogada por 60 dias em novembro passado.



Postar um comentário