domingo, 5 de março de 2017

Para Temer, mal que o PT fez é ‘incalculável’


Governo descobre diariamente 'bombas-relógio' deixadas pelo PT. Temer disse descobrir falcatruas, pequenas ou grandes, todo dia.



Não há um só dia que deixe de chegar ao presidente da República Michel Temer algum novo "jabuti em cima de árvore", no governo federal – de privilégios para grupos de servidores, de custo insuportável ao Tesouro Nacional, à aprovação de leis e medidas provisórias para atender ao lobby de empresários amigos. Temer desabafou em conversa com esta coluna: "O mal que os governos do PT fez a este país é incalculável!". O adágio popular ensina que jabuti (ou cágado) não sobe em árvore, por isso, se está lá, "é enchente ou mão de gente". 

Impressionam Michel Temer as revelações sobre a compra e venda de medidas provisórias no balcão de negócios dos governos Lula e Dilma. Em depoimento esta semana, Marcelo Odebrecht disse ter comprado a MP do Refis por R$ 50 milhões, para beneficiar sua empresa Braskem. A venda de medidas provisórias para beneficiar empresas do setor automotivo já apareceu na Operação Zelotes, que investiga o Carf.



Fonte: A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Postar um comentário