terça-feira, 18 de abril de 2017

Com reforma, ninguém receberá benefício menor que 1 salário mínimo




O relator da reforma da Previdência, deputado Arthur Maia (PPS/BA), afirmou nesta terça-feira (18/04) que, caso a proposta de reforma seja aprovada, "ninguém receberá nenhum benefício inferior ao salário mínimo". Maia afirmou também que o acesso ao BPC (Benefício de Prestação Continuada) será definido por meio de lei. A proposta inicial do governo previa que o valor pago na pensão por morte e no benefício assistencial ao idoso e pessoas com deficiência pudesse ser menor que o salário mínimo.


Postar um comentário