Banco do Nordeste 65 anos

sábado, 22 de abril de 2017

Ex-ministro do Equador é detido por suposto suborno da Odebrecht


Empresa brasileira teria pago US$ 33,5 milhões a funcionários públicos do país


O ex-ministro da Energia do Equador Alecksey Mosquera foi detido em uma investigação sobre supostos subornos de US$ 33,5 milhões pagos pela Odebrecht a funcionários do governo do país. A informação foi divulgada pelo procurador-geral do Equador, Galo Chiriboga, em sua conta oficial no Twitter nesta sexta-feira, de acordo com a agência de notícias "AFP News Agency"...  

Postar um comentário