Banco do Nordeste 65 anos

terça-feira, 18 de abril de 2017

Fachin envia inquéritos contra Renan, Jucá e Aécio para Polícia Federal



STF manda inquéritos para a PF, que poderá quebrar sigilos. Aécio Neves e Romero Jucá são os que acumulam o maior número de pedidos de investigações na Lava Jato



O ministro do Supremo Tribunal Federal - STF Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, determinou na segunda-feira (17/04), o envio dos inquéritos envolvendo os senadores Aécio Neves (PSDB/MG), Romero Jucá (PMDB/RR) e Renan Calheiros (PMDB/AL) para a Polícia Federal - PF. A decisão dá início ao processo de investigação na PF, que poderá solicitar quebras de sigilo telefônico e fiscal, além da oitiva dos próprios acusados. As investigações envolvendo outros parlamentares também deverá seguir o mesmo procedimento nos próximos dias. 

Os inquéritos foram abertos pelo ministro, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), para apurar citações aos nomes dos parlamentares nos depoimentos de delação de ex-executivos da empreiteira Odebrecht. Aécio Neves e Romero Jucá são os que acumulam o maior número de pedidos de investigações na Lava Jato, cinco ao todo. Renan Calheiros foi citado em quatro inquéritos envolvendo a Odebrecht e passou a responder a 12 investigações na operação.

Postar um comentário