sábado, 29 de abril de 2017

Insatisfeito, Cunha voltar a ameaçar delatar Temer


 


Insatisfeito com sua transferência para o Complexo Médico Penal de Pinhais, na região de Curitiba, e as condições mais duras do presídio, o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha voltou a demonstrar que está perdendo a paciência com seus antigos aliados. Aos carcereiros, como quem não quer nada, ele vêm contando uma anedota:

"Era uma vez cinco irmãos. Um virou presidente, três viraram ministros e um foi preso".

Na fala de Eduardo Cunha, Michel Temer, os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) e o senador Romero Jucá (ex-ministro do Planejamento), todos do PMDB, figuram como personagens de uma historinha infantil em que o próprio Cunha aparece como o único injustiçado. O relato logo se espalhou como ameaça de delação.

Postar um comentário