Banco do Nordeste 65 anos

terça-feira, 25 de abril de 2017

Luz amarela acesa




A notícia publicada pela "Folha de S. Paulo" com exclusividade, ontem, de que o juiz federal Sergio Moro decidiu adiar o depoimento de Lula, do dia 03 para 10 de maio, acendeu a luz amarela entre os petistas. A possível mudança elevou a apreensão no partido de que o ex-presidente pode ser preso em breve. Como se sabe, internamente, os aliados de Lula tratam a detenção dele como uma questão de tempo. Mas para ser preso, o ex-presidente precisa ser condenado em segunda instância.


Postar um comentário