sábado, 20 de maio de 2017

Dinheiro no bolso de Temer



O presidente da República Michel Temer teria recebido R$ 15 milhões do Partido dos Trabalhadores para financiar sua campanha à Vice-Presidência, em 2014, mas decidiu "guardar" R$ 1 milhão, segundo afirmou Roberto Saud, diretor da JBS, em depoimento ao Ministério Público Federal - MPF.

Os detalhes estão em um vídeo de 23 minutos, que faz parte do material divulgado à imprensa, ontem, pelo Supremo Tribunal Federal - STF, e baseia um dos inquéritos que apuram atos ilícitos de políticos.

Postar um comentário