Banco do Nordeste 65 anos

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Dona da JBS fecha acordo de leniência por R$ 10,3 bilhões

Foto: Wesley (dir.) e Joesley Batista (Zanone Fraissat/Folhapress)

Montante, a ser pago em 25 anos, representa o maior para esse tipo de acordo no mundo, segundo o Ministério Público Federal - MPF
 


A Procuradoria-Geral da República e os negociadores da holding J&F, controladora da empresa JBS, chegaram a um acordo no valor de R$ 10,3 bilhões da multa que deverá ser paga pela empresa para a assinatura do acordo de leniência. O montante, a ser pago em 25 anos, representa, segundo o Ministério Público Federal - MPF, o maior para esse tipo de acordo no mundo. Considerando a correção, a projeção é que o total a ser pago pela J&F, o chamado valor futuro, alcance cerca de R$ 20 bilhões.

O acordo, que deverá ser assinado nos próximos dias, inclui fatos investigados nas operações Greenfield, Sépsis e Cui Bono, além da Bullish e da Carne Fraca. Do total a ser pago, R$ 8 bilhões serão destinados à Fundação dos Economiários Federais FUNCEF (25%), à PETROS-Fundação Petrobras de Seguridade Social (25%), ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) (25%), à União (12,5%), ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) (6,25 %) e à Caixa Econômica Federal (6,25%).

"O restante da multa, R$ 2,3 bilhões, será pago por meio de projetos sociais, especialmente nas áreas de educação, saúde e prevenção da corrupção. O prazo de pagamento foi fixado em 25 anos, sendo que, neste período, os valores serão corrigidos pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo [IPCA]", diz nota do MPF.


Fonte: Revista VEJA
Postar um comentário