segunda-feira, 22 de maio de 2017

JBS comprou o apoio de cinco senadores a Dilma Rousseff por R$ 35 milhões, diz delator


Foi golpe?


Ricardo Saud, diretor da JBS, disse à Procuradoria Geral da República - PGR, que foram pagos R$ 35 milhões para comprar o apoio de cinco senadores a Dilma Rousseff em 2014. E todos eles seriam do PMDB: Eduardo Braga (AM), Jader Barbalho (PA), Eunício Oliveira (CE, hoje Presidente do Senado Federal), Renan Calheiros (AL) e Vital do Rêgo Filho, hoje ministro do Tribunal de Contas da União - TCU.

Ele informa ainda que R$ 1 milhão seria destinado à senadora Kátia Abreu (TO), mas ela não recebeu. Registre-se, pois. Resta agora perguntar: foi golpe, mesmo? E a delação da JBS continua valendo? Pois é…

Postar um comentário