Banco do Nordeste 65 anos

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Lava Jato: Deltan Dallagnol demole a falácia de que Lula foi denunciado “sem provas”



A própria frase da “convicção” nunca foi o que disseram ser.

 
Tudo começou com uma mentira. Sim, mentira. A frase "não temos provas, apenas convicções" nunca foi dita na Lava Jato. Essa mentira, porém, foi espalhada como algo real (e são eles que reclamam de "fake news"…). Claro que há provas, e não são poucas. Aguarde-se, portanto, a decisão judicial.

E Deltan Dallagnol, em entrevista ao UOL, reiterou esse fato de maneira contundente, demolindo de vez a falácia. Segue trecho, já voltamos:

Em geral, a defesa e os apoiadores do ex-presidente dizem que não há provas contra ele, mas só afirmações de delatores. Há provas contra Lula?

Sem provas consistentes, nós não teríamos feito a acusação criminal oferecida contra ele. Aliás, mais de uma. Só foram oferecidas acusações criminais porque entendemos que havia provas suficientes para realizá-las. Nossa expectativa [sobre o Power Point] é que pessoas possam olhar pelos nossos olhos como aquilo aconteceu (grifamos)

Ora, uma denúncia SEM PROVAS obviamente nem mesmo seria admitida. E chega a ser incrível que tal narrativa – já comprovadamente falha – consiga perseverar, mesmo nas esferas militantes mais fanáticas.

Fica o registro, portanto. Há provas.

Postar um comentário