Banco do Nordeste 65 anos

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Pesquisa Ipsos: rejeição a Lula dispara de março para abril, chegando a 64%



Subiu nove pontos


Em março, o instituto Ipsos realizou sua tradicional pesquisa "Barômetro Político", de âmbito nacional, e nela a rejeição a Lula foi registrada em 59%. O novo levantamento, feito agora em abril, mostra aumento de nove pontos, chegando a 64%. O cálculo político mais conservador é o de que, com 40%, um candidato começa a ficar inviável.

Com 51%, por questões matematicamente óbvias, ele não entra. Então, caso seja mesmo correta a rejeição de 64%, Lula se inviabiliza para 2018. Por mais que tenha – e tem – uma base de 25% a 30% de votos, não há como vencer quando 64% vão no sentido contrário.


Postar um comentário