Banco do Nordeste 65 anos

domingo, 7 de maio de 2017

Revista Época publica um caminhão de provas contra Lula




A mais recente edição da Revista Época traz um amontoado de provas contra Lula. É prova que não acaba mais. A edição cita contratos fajutos, notas fiscais frias, extratos bancários, comprovantes de pagamentos (no Brasil e no exterior), planilhas, trocas de mensagens, e-mails, fotos, vídeos, registros de encontros clandestinos e depoimentos incriminadores da maioria dos empresários que enfiavam dinheiro em Lula.

Os crimes incluem "corrupção, lavagem de dinheiro, organização criminosa, crime contra a Administração Pública, fraude em licitações, cartel, tráfico de influência e obstrução da Justiça". Os investigadores suíços e americanos deram uma mão ao Ministério Público Federal - MPF e à Polícia Federal - PF. Foram terabytes de evidências complicando Lula de forma direta ou indireta.

A revista diz: "Não é fortuito que, mesmo antes da delação da Odebrecht, Lula já fosse réu em cinco processos – três em Brasília e dois em Curitiba. Também não é fortuito que os procuradores da força-tarefa da Lava Jato, após anos de investigação, acusem Lula de ser o 'comandante máximo' da propinocracia que definiu os mandatos presidenciais do petista, desfalcando os cofres públicos em bilhões de reais e arruinando estatais, em especial a Petrobras".

Postar um comentário