sábado, 13 de maio de 2017

Roberto Mesquita propõe criação de aplicativo para denúncias à CIOPS




Preocupado com a crescente violência no Estado, o deputado Roberto Mesquita (PSD) quer aliar a tecnologia no enfrentamento ao problema. O parlamentar está propondo a criação de um aplicativo para tablets e celulares para permitir o encaminhamento de denúncias diretamente à Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (CIOPS). A partir da notificação, o atendimento será feito da mesma forma como ocorre quando o cidadão liga para o 190.

O "Cidadão Protegido", que deverá rodar em todos os sistemas operacionais, vai permitir, segundo Mesquita, mais agilidade no contato e na interação do usuário com os órgãos de segurança, sendo esse feedback essencial para a montagem de estratégias de enfrentamento à violência. "A participação da sociedade é indispensável. Segurança Pública é uma atividade que não é exclusiva do Estado, e sim da sociedade em seu conjunto", argumenta Roberto Mesquita.

O parlamentar ressalta no seu projeto que o aplicativo deverá ser acessível e de fácil navegação, para que possa alcançar a maior parte da população. Observa também que todas as denúncias serão devidamente registradas para fins de estatísticas e controle das informações. Tal como ocorre no contato por meio do 190, a aplicação garantirá o anonimato do usuário.

Além da comunicação diretamente com a CIOPS, a ferramenta fornecerá telefones e endereços dos órgãos competentes de acordo com o tipo de denúncia, inclusive o 181, o disque-denúncia do Governo do Estado. O "Cidadão Protegido" irá identificar a localização do usuário no momento da denúncia e fornecer um número de registro da denúncia, contendo também uma tela de advertência sobre o crime de denunciação caluniosa e comunicação falsa de crime.


Fonte: Jornalista Jorge Macedo
Postar um comentário