Banco do Nordeste 65 anos

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Vaquejada ganha status de patrimônio cultural do Ceará

 
Iniciativa é do deputado estadual Danniel Oliveira (PMDB)


A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quinta-feira (25/05), o Projeto de Lei 249/2016, que torna a vaquejada patrimônio cultural do Ceará. O deputado estadual Danniel Oliveira (PMDB), autor da proposição, comemorou a aprovação por unanimidade da matéria. "Este é o reconhecimento da cultura nordestina, da cultura do nosso estado do Ceará. Temos vaquejadas, como a de Morada Nova e Itapebussu, que já tem 75 anos de tradição. Agora é só aguardar a sanção do governador", destacou o deputado.

Além de ser considerada uma das maiores manifestações culturais do Nordeste, a vaquejada movimenta anualmente mais de R$ 600 milhões e é uma importante fonte de emprego e renda, responsável por gerar até um milhão de empregos diretos e indiretos em todo o Brasil.

Regulamentação da prática

No início deste mês, a Câmara dos Deputados aprovou, em primeiro turno, a PEC 304/2017, que regulamenta a prática da vaquejada em todo o Brasil. A matéria ainda precisa passar por mais uma votação, e, se aprovada, deverá ser promulgada pelo Presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB/CE). "Esperamos encerrar essa questão na próxima quarta-feira (31/05), em Brasília, aprovando definitivamente a PEC", disse Danniel Oliveira.

 

 
Fonte: Jornalista Rebeca Marinho assessora de comunicação do Deputado Estadual Danniel Oliveira (PMDB/CE)
Postar um comentário