Banco do Nordeste 65 anos

sábado, 3 de junho de 2017

Banco suíço onde JBS abriu conta para Lula e Dilma é o mesmo de Cunha

Fotomotagem de Dilma com Eduardo Cunha e Lula


Julius Bar é o banco suíço preferido das estrelas da Lava Jato. Contas de Cunha e as de Lula e Dilma (JBS).

 

O banco suíço Julius Bar, escolhido por Joesley Batista para abrir a conta nº 06384985, que segundo ele bancou Lula e Dilma, é o mesmo onde o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha mantinha a famosa conta da qual era "usufrutuário", segundo alegou. A conta, cujo saldo chegou a US$ 150 milhões (R$ 486 milhões) em 2014, foi revelada pelo próprio Joesley Batista, dono da JBS, ao Ministério Público Federal. 

O relato de Joesley sobre "conta corrente" para bancar Lula e Dilma é semelhante à "conta conjunta" revelada por Marcelo Odebrecht. A "conta conjunta" do PT com a Odebrecht, para financiar "projetos políticos", teria movimentado R$ 324 milhões entre 2009 e 2014. Em 2010, fim do governo Lula, a conta na Suíça tinha R$ 226,1 milhões (US$ 70 milhões), diz Joesley. Em 2014, caiu para R$ 30 milhões. Dilma Rousseff alfinetou Cunha, em diversas ocasiões, até em pronunciamentos oficiais, afirmando que, ao contrário dele, não tinha conta na Suíça.



Fonte: A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Postar um comentário