Banco do Nordeste 65 anos

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Eliane Cantanhêde, sobre Palocci delatar bancos e 20 empresas: “Tudo bem. E o chefe?”


A coluna Implicante também menciona Mantega.


Ontem, falamos sobre a delação de Antonio Palocci na Lava Jato. Segundo noticiado, o ex-ministro de Lula e Dilma Rousseff citaria mais de 20 empresas. Também se fala do sistema financeiro. E então a colunista Eliane Cantanhêde faz a pergunta: e o chefe? Para além disso, ela também cita a possibilidade da delação de Guido Mantega, que foi Ministro da Fazenda sob os dois ex-presidentes petistas. Seguem trechos:

"Os ex-leões vão rugir – Palocci e Mantega inovaram: operavam para Lula, Dilma e o PT dentro da Fazenda – Além do tucano Aécio Neves e de Rocha Loures, assessor de Temer, as duas bolas da vez são Antonio Palocci e Guido Mantega, que agregam grande dose de suspeição sobre os governos do PT. Não bastassem os ex-presidentes da República enrolados e os ex-presidentes e ex-tesoureiros do partido condenados e presos, agora são os ex-ministros da Fazenda (da Fazenda!) que têm muito o que explicar – e contar (…)

O certo é que Palocci e Mantega sabem das coisas, de muitas coisas do submundo dos governos Lula e Dilma. Sabem, principalmente, como Lula agia e se salvava algum bônus para ele próprio. Daqui e dali, lê-se e ouve-se que Palocci quer entregar o sistema financeiro e duas dezenas de empresas. Tudo bem. E o chefe? (…) Palocci vai falar, Mantega está recobrando a memória e ambos vão rugir. O PT acha que já chegou ao fundo do poço, mas a força-tarefa da Lava Jato tem certeza de que não".
Postar um comentário