sexta-feira, 16 de junho de 2017

MPF na 5ª Região emite parecer pela manutenção da prisão preventiva de Henrique Eduardo Alves e Eduardo Cunha



Os ex-presidentes da Câmara dos Deputados são acusados de receber propina para favorecer empresas de construção civil na obra do estádio Arena das Dunas, em Natal (RN)


O Ministério Público Federal - MPF na 5ª Região, com sede no Recife (PE), emitiu nesta sexta-feira (16/06) pareceres contrários à concessão de habeas corpus a Henrique Eduardo Lyra Alves e Eduardo Cosentino da Cunha. A prisão preventiva dos dois ex-deputados federais foi decretada pela Justiça Federal no RN, a pedido do MPF naquele estado. Para o MPF, há indícios de que ambos praticaram, de forma continuada, os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro... Ver mais


Postar um comentário