Banco do Nordeste 65 anos

domingo, 23 de julho de 2017

Corpo achado no Recreio seria de falsa médica do 'golpe do bumbum'



A mulher aplicava silicone industrial em pacientes. Algumas pacientes, inclusive, chegaram a ter graves problemas de saúde.



O corpo de uma mulher encontrado na manhã de sábado (22/07), no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio, pode ser de Marcilene Soares Gama, 49 anos. Ela seria a falsa médica do "golpe do bumbum", que chegou a ser presa duas vezes. Ela aplicava silicone industrial em pacientes. Algumas pacientes, inclusive, chegaram a ter graves problemas de saúde.


A causa da morte, de acordo com informações do Jornal Extra, ainda não foi esclarecida pela polícia, que está investigando o caso. A suspeita que ela seja a golpista deve-se ao fato de fotos encontradas na internet em que ela aparece com duas tatuagens na barriga, coincidindo com as do corpo encontrado. "O mesmo nome da mulher que aplicava hidrogel e mutilou várias mulheres. Que coincidência", escreveu uma internauta, no Facebook. 

Outra afirmou: "Ela é aquela médica que injetava gel nas pessoas". Uma página na rede social, seguida por mais de 80 pessoas, é voltada para reunir vítimas de Arlene Gama Lenny - ou Lene Soares, como também era conhecida. Segundo investigações, Marcilene agia desde 2013 no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Postar um comentário