Banco do Nordeste 65 anos

sábado, 8 de julho de 2017

Eduardo Cunha incluirá Rodrigo Maia em sua delação premiada

Foto: Estadão

Ex-deputado federal cita o atual presidente da Câmara dos Deputados como destinatário de recursos de origem ilícita



Reportagem da revista VEJA desta semana traz detalhes sobre a delação do ex-deputado Eduardo Cunha, preso preventivamente em Curitiba. De acordo com a revista, além de detalhes envolvendo o presidente do Senado Federal Eunício Oliveira, também cita o presidente Michel Temer, as revelações de sua delação premiada atingirão em cheio o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, cotado como provável sucessor caso Michel Temer deixe a Presidência.

A reportagem revela que um interlocutor visitou Cunha na prisão e o ex-deputado mandou um recado para Maia, avisando que ele fará parte da delação. "Avisa que ele [Maia] também será lembrado", disse Cunha, que aponta Maia como uma pessoa com interesses empresariais e seria destinatário de recursos de origem ilícita.


Postar um comentário