domingo, 2 de julho de 2017

Fachin nega pedido da JBS para venda de ativos




O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou na última sexta-feira (30/06), um pedido de medida liminar feito pela JBS, que pretendia reverter uma decisão desfavorável que proibiu a venda das operações de carne bovina da empresa na Argentina, Paraguai e Uruguai para o grupo Minerva. No mês passado, a JBS anunciou um plano de venda de ativos para reforçar o caixa em cerca de R$ 6 bilhões.

No entanto, uma decisão do juiz Ricardo Augusto Soares Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, frustrou a estratégia de venda de ativos da JBS Mercosul. O juiz negou a autorização para venda das operações de carne bovina do JBS na Argentina, Paraguai e Uruguai para o Minerva, pelo valor de US$ 300 milhões (aproximadamente de R$ 1 bilhão).


Postar um comentário