Banco do Nordeste 65 anos

sábado, 1 de julho de 2017

Justiça determina que médico que estrupava pacientes volte para a prisão





A Justiça de São Paulo determinou na sexta-feira (30/06), que o ex-médico Roger Abdelmassih volte para a prisão. Ele está em casa desde o último sábado, tratando problemas de saúde. Abdelmassih foi condenado a mais de cem anos de prisão por estuprar suas pacientes.

Desde 2016, a defesa do ex-médico pede um indulto humanitário, devido ao seu estado de saúde. Ele tem doença coronariana grave e estava internado desde 18 de maio em um hospital de Taubaté com broncopneumonia. Na última semana, a Justiça negou o perdão da pena, mas permitiu que ele recebesse tratamento em casa. O Ministério Público recorreu.


Fonte: O Globo
Postar um comentário