Banco do Nordeste 65 anos

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Justiça mantém proibição de visitas a presos em penitenciárias federais




A Segunda Instância da Justiça Federal em Brasília decidiu na terça-feira, (25/07), manter a suspensão de visitas íntimas e sociais a presos que estão detidos nos cinco presídios federais do país. O benefício estava suspenso por 30 dias com base em uma decisão tomada pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), após o registro de mortes de agentes, que teriam sido encomendadas por líderes de organizações criminosas. No entanto, as visitas tinham sido reativadas por um juiz da 12ª Vara Federal em Brasília.

Postar um comentário