quinta-feira, 13 de julho de 2017

Presidente do TRF4 diz que Lula deve ser julgado antes da eleição de 2018



Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, tribunal que julga os recursos feitos de decisões na Justiça Federal do Paraná, acredita que a ação na qual o ex-presidente Lula foi condenado deve ser julgado até agosto de 2018, prazo máximo para o registro de candidaturas.

Luiz Inácio Lula da Silva a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro. Caso seja condenado em segundo instância (o TRF4), Lula será enquadrado na Lei da Ficha Limpa e não poderá se candidatar. Lula também já poderia ser preso após a decisão em segunda instância, como manda jurisprudência do Supremo Tribunal Federal de fevereiro deste ano.

"Imagino que até agosto do ano que vem esse processo vai estar julgado. Ou o tribunal confirma essa decisão e ele [Lula] fica inelegível ou reforma a decisão e ele está liberado para concorrer", disse o desembargador, presidente do TRF, em entrevista coletiva.



Fonte: Diário do Poder
Postar um comentário