Banco do Nordeste 65 anos

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Tasso não pode decidir individualmente apoio a Maia, afirma Doria

Foto: Marcos Corrêa/PR


Prefeito de São Paulo reconheceu que situação do governo 'piorou nas últimas semanas', recomendou cautela nas decisões do PSDB


Após o presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (PSDB/CE), ter feito um aceno ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (Democratas/RJ), em caso de eventual sucessão do presidente Michel Temer (PMDB), o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta sexta-feira (07/07), que o líder nacional do partido não pode tomar "decisões dessa natureza individualmente". 

Doria pediu ainda "cuidado e atenção na tomada de decisões". O prefeito tucano defendeu que o PSDB precisa ouvir parlamentares, governadores e prefeitos da legenda para tomar uma decisão compartilhada. A declaração foi dada após evento no Templo de Salomão, com a presença também do governador Geraldo Alckmin(PSDB), que não quis falar com a imprensa.



Postar um comentário