Banco do Nordeste 65 anos

quarta-feira, 5 de julho de 2017

TCU vai decidir punição a Joesley por prejuízo ao BNDES




O Tribunal de Contas da União - TCU decide nesta quarta-feira, (05/07), se responsabiliza Joesley Batista, dono da J&F e delator de esquemas de corrupção nos governos Lula, Dilma Rousseff e Michel Temer, por prejuízos em um negócio de US$ 750 milhões com o BNDES. A corte vai julgar se uma cláusula do acordo firmado pelo empresário com a Procuradoria-Geral da República - PGR deve ser aplicada ao processo que avalia perdas de R$ 120 milhões aos cofres do banco público, livrando-o da obrigação de ressarcí-las.

Como antecipou o jornal O Estado de S. Paulo em abril, o Tribunal de Contas da União - TCU identificou favorecimento do BNDES à J&F na operação para capitalizar o grupo e viabilizar a incorporação do frigorífico americano Swift Foods Philippines, em 2007. Auditoria na transação mostra que o BNDESPar – braço do banco para a aquisição de participação em empresas – pagou indevidamente ágio de R$ 0,50 em ações, o que causou o dano milionário ao erário.

Postar um comentário