Banco do Nordeste 65 anos

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Políticos querem distância de executivos da Odebrecht



Políticos alvos das investigações abertas no Supremo Tribunal Federal - STF com base na delação da Odebrecht têm buscado, em depoimento à Polícia Federal, se distanciar dos principais executivos da empreiteira. Alegam que conheceram delatores por acaso, que tiveram encontros esporádicos ou que foram confundidos com parentes que também são políticos. 

Treze parlamentares já prestaram depoimentos nos 77 inquéritos abertos em abril. Eles estão sob suspeita de ter recebido dinheiro não contabilizado para campanhas eleitorais ou de ter atuado em esquema de desvio de recursos. Todos negam as acusações.


Postar um comentário