quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Se vencer, Temer governa com PSDB fragilizado

A perspectiva de que o presidente conseguirá se livrar da denúncia de Rodrigo Janot, nesta quarta (02/08), não muda o fato de que o estrago causado pela crise política o obrigará a governar sobre novas bases. O PSDB, fiador da ascensão de Michel Temer, chegará ao fim do processo em frangalhos, profundamente dividido e com os cargos cobiçados pelo centrão. Este grupo, por sua vez, deixou claro ao Planalto que espera reconhecimento proporcional à fidelidade que apresentará no plenário.


Postar um comentário